MANHÃ DE PRIMAVERA



                                                                     < PUBLICIDADE >

                                           


TEMPO NEGRO


                                                                                             

FLOR DO DIA

   


Procurei você entre os espinhos minha rosa 
e me encantei com sua glória…
Quando andei por este caminho afora,
 te contemplei em meio a linda flora.  
À luz da lua você  desabrocha e ao
 romper do dia você vai embora. 
Procurei você no jardim entre as flores, 
mas encontrei entre vários amores,
 minha dama da noite.

É AMOR



Quando os olhos se encontram em meio 
a multidão, quando
os pés andam em uma mesma direção, 
quando dois personagens viram o centro
de toda atenção,  quando a distância da saudade 
é de montão, quando há a presença da vontade 
de falar coisa do coração, tudo isso é amor 

Quando os lábios se desejam,  
quando o nervoso toma conta,  
quando fica frente a frente, 
 quando fica bobo com um sorriso de canto a canto
Quando a ausência causa espanto
A tradução é existe amor de montão…

ALMA DE ÁGUIA




Minha alma de águia vai voar
até o fim do arco-íris para te encontrar
Minha estrela  vou te trazer para a terra firme 
pra você me iluminar.

Minha alma de águia te procura estrela, 
tu ilumina
o céu com imensurável beleza.
Risca o céu e vira estrela cadente e 
caiu na direção do ocidente.

Minha alma de águia vai a constelação
 para te buscar
estrelas para me mostrar a direção. 
Ilumina meus passos
e deixa os traços por onde eu passar. 
Eu sou alma de águia, deixe eu voar.



DUAS METADES



Seu cheiro grudado na pele feito chiclete,
 seu sorriso gravado na mente não envelhece, 
seu nome escrito no papel lado a lado ao meu, 
você é uma metade e a outra metade sou eu. 
Você é o verso  e eu sou a rima, 
Você é o destino eu sou a sina.

Suas manhas já conheço todas.
 já sei  te decifrar por inteiro.
 Menina não caia nessa  besteira de me
 negar o teu amor, 
porque você é a inspiração
 eu sou o pensador.

Duas metades se completam quando o
 cupido acerta uma flecha em dois corações.
 Deus   escreveu na linha do tempo o
seu nome junto ao meu.
A qualquer momento o meu caminho 
vai cruzar o seu.
Eu não acredito em superstição, 
mas o destino está acenando para nossa direção.

Nossa história está escrita na Estrela Dalva
para provar ao mundo que o nosso
 amor nunca se acaba


RECORDAÇÕES




O retrato na parede me recorda dos bons
 momentos que o tempo fez questão de apagar.
Ainda me lembro de seu jeito meigo de me abraçar.
Meus defeitos fizeram 
que você  se afastar de mim.
Eu não acredito que deixei você partir

Toda vez que olho o retrato
na parede começo a chorar.
Sei que nada que eu fizer vai convencer você voltar.
É tarde demais para voltar atrás e recomeçar, 
Só restou seu retrato na parede 
para recordar.


A LUZ DA LUA



Deitados lado a lado na laje,
 contemplamos as estrelas
A lua nua reflete a gloria de sua beleza , 
daqui dá para ver
a imensidão do paraíso.
O tempo voa quando estou contigo.

Daqui dá para ver as constelações 
unidas em uma só junção.
Seguro as suas mãos
e mergulho no infinito dessa imensidão.

A lua nua cheia de beleza.
O céu fazendo festa com as estrelas,
 vou viajar na luz do teu olhar, 
vou ao céus buscar uma estrela para te iluminar.

Daqui da laje contemplamos o universo, 
as estrelas escritas no céu e com um verso, 
suplicamos ao dono do universo que contemple 
o nosso amor e não deixe ele nunca morrer.

AMOR E PAIXÃO



O tempo passa passivamente,
Do peito brota um repente.
O vento suavemente sopra.
Essa acalmaria me faz escrever uma nota

O coração quer falar de amor.
Os lírios do campo já afloraram
A lua retumbante ilumina
o céu incolor
Seu olhar sereno me conquista com
esse teu jeito arrebatador.

Desse mar vil vem libertar meu
coração vazio. 
Desse calabouço, vem me libertar
com seus beijos mornos.

O INFINITO DO AMOR




Deixa fluir um sorriso.
Segue no trilho…
O amor rompe barreiras.
Sobe montanhas,  desce ladeiras, 
o  amor é universal,
sem fronteira continental.

O amor é forasteiro  abriga-se 
no lado esquerdo do peito
O amor não tem limites, ele omite.
O amor é sem noção, 
metade céu, metade chão.
O amor é sem comparação.
Mais infinito do quer suas compreensões.
O amor é o infinito da imensidão …