CRISTAL QUEBRADO



Perdi o rumo, preciso encontrar outra direção,
 perdi a graça, mas essa tempestade logo passa;
 Perdi o sossego, mas amanhã cedo vou encontrar
 um sorriso meigo, para me entregar poe inteiro.

Perdi a paz, mas que saudade faz de alguns anos atrás.
 Perdi a sono, mais esse pesadelo logo vai passar,
 vou vultar a sonhar. Perdi a inspiração, 
o que restou foi solidão,  mas amanhã é verão, 
as andorinhas voltam do sertão,
 trazendo de volta minha inspiração. 

Os sonhos frustaram, 
é um pecado o amor morrer bem ao seu lado, 
bem que você podia ter resgatado. 
Do cristal vejo os pedaços, 
eles não podem ser juntados.
Perdia esperança, 
prefiro esquecer as lembranças e encarar que é o fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário