MEU PRIMEIRO AMOR


Estava na beira da praia e o vento soprou.
Fechei os olhos, lembrei do meu primeiro amor.
Abri os olhos e vi um barco chegando ao cais,
só não vi aquela menina que um dia me roubou a paz.

Na beira da praia o vento sopra,
as ondas vão e voltam,
aperta no peito o coração sem resposta.
O vento me traz o que eu tento esquecer,
fecho os olhos e te vejo sem te ver,
meu coração pergunta: cadê você?
As ondas vão e vêm,
fico no cais esperando por um alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário