MEU TALISMÃ


Tirei o véu do teu rosto.
Decifrei os segredos do teu
corpo, tirei a roupa que
vestia tua nudez e no meu
fogo te queimei.
Tirei a cortina da tua janela.
Eu te vi linda e bela.
Tirei o cobertor que te aquecia,
senti sua pele macia.

Tirei a máscara que cobria
teu rosto, te amei de agosto
a agosto, tirei seu véu e te levei
ao céu, meu pequeno talismã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário