DAMA DA NOITE


Desabrocha minha flor da noite,
que eu quero decifrar teu cheiro
entranhado no meu cobertor
que me alucina preenchendo todo o ar.

Se desabrochar minha flor da
lua, que eu quero ver toda nua
e só se fechar quando o sol
lá na rua raiar.

Minha glória, amanhã mais uma vez venha desabrochar,
exalar teu perfume no ar
e não deixe o nosso amor só por uma manhã durar,
renova-se e vem ser minha glória ao acordar.
Dama da noite a flor da lua,
minha glória da manhã toda nua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário