TEMPO NEGRO


Chove lá fora e o céu está escuro
Hoje eu não vou ver o sol
se pôr detrás dos muros...
Meu coração está nulo...
Por alguns segundos fico parado
sem rumo... tento encontrar
no fundo o mundo que desabou.

Quanto tempo faz que eu não te vejo amor? 
O silêncio tomou conta desse apartamento,
está chovendo lá fora e molhando aqui dentro
São as lágrimas desse tormento,
os pingos d’água caem do céu rasgando o véu.
As lágrimas rolam molhando o verso escrito no papel.

Toda vez que chove lá fora,
aqui dentro do peito a minha alma chora,
chora de saudade de  você, ó minha senhora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário