MULATA


Mulata negra breu, inspiração dos
nobres, musa dos deuses
As estrelas refletem o brilho
dos olhos teus.

Mulata nascida no berço da escravidão
A África mãe da geração
Os reis da terra se encantam
com sua sedução.
Do poeta tu és a fonte de inspiração.

Mulata da pele bronzeada.
A senzala não te abala
Mulher de alma guerreira,
a deusa grega da beleza.
Mulata filha da escravidão.
Com o coração ferido e alma na mão
Os cinco continentes se
encantam na tua sedução

Nenhum comentário:

Postar um comentário