MEU CORPO EM TEU CORPO


Os pingos d'água caem molhando o teu rosto
nesse mês frio de agosto.
Meu gosto é enroscar em teu corpo
e te aquecer com meu fogo.

No frio da tua alma,
meu corpo te aquece e te acalma.
No silêncio das tuas palavras carentes
me faço presente.
Eu te sinto,
você me sente em um abraço envolvente.

Vou enxugar teu rosto.
Vou te amar de agosto a agosto.
Provar do sabor do teu gosto,
olhar nos teus olhos
decifrar teu corpo em meu corpo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário