MORO NA ROÇA


A chuva cai molhando o campo.
Eu ouço os pássaros entoando um cântico.
A vida no campo tem mais harmonia.
Eu vejo a aurora no raiar do dia.
A brisa da manhã me inspira a escrever uma poesia.

No campo tem muita riqueza,
a fauna, a flora e muita beleza.
No campo tem girassol e
belas morenas queimadas do sol.
Aqui o nosso povo nunca está só.
Eu vejo o nascer e o pôr do sol.

Ouço os pardais cantando uma prosa.
Vejo o beija-flor contando sua história.
Ao meio dia o sol está em seu esplendor.
Eu aqui na roça escrevo uma poesia de amor.
Na minha casa de palhoça,
perto de uma gruta,
vejo como é boa essa vida de roça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário