NÃO AO FEMINICÍDIO


Mulher, 
abriga em teu colo a tão sonhada liberdade. 
Cobiças com teus braços 
fortes a igualdade. 
Nessa pátria amada mãe Brasil,
com ardentes machistas fútil, 
demonstra tua avidez, 
pois sei que tu és sutil, 
extingue o feminicídio sombrio. 
No teu peito a um grito de liberdade… 
Viva o Feminismo! 
Morra o Feminicídio! 
Viva a liberdade! 

11 comentários:

  1. Faço minhas as suas palavras: Viva a liberdade.
    Excelente poema, parabéns.
    Bom fim de semana, caro Robson.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #viva a liberdade!
      Um abraço e um feliz final de semana!

      Excluir
  2. # Viva a liberdade e morra o feminicídio❤❤.

    ResponderExcluir
  3. # Viva a liberdade e morra o feminicídio❤❤.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Norma Ramos!
      #Viva a liberdade!
      #Morra o feminicídio!

      Excluir
  4. Os comentários apagam-se. Bonito blogue. Gostei muito dos seus poema. É o 5º comentário que escrevo.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por visitar meu blog
      e deixar seu comentário.
      Um abraço !

      Excluir
  5. A liberdade, sempre!

    Aí, aqui e por todo lado!

    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. #viva a liberdade feminista…
      Um forte abraço meu querido
      Vieira Calado!

      Excluir