DESILUSÃO DO AMOR


Guardo no peito a desilusão de um grande amor.
Cala no peito meu pobre coração, porque  sofre de dor.  
Vivo o passado, porque o presente o tempo apagou.
Guardo as lembranças, foi o que me restou. 
Escrevo  no papel um verso com rimas de amor. 
Imploro ao passado que no presente me devolva o teu amor.
Te guardo na memória porque vivo a desilusão do amor.

25 comentários:

  1. Thank you Robson for stopping at my blog. Unfortunately I can't read your blog. I wish I could understand the poems. Good luck with your poems. I do at time create poems of my own. See ya.

    Cruisin Paul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Many thanks for leaving
      your comment on my blog!

      Excluir
    2. Is there a way for me to change your poems into English? By the way, what is your language Robson?

      Cruisin Paul

      Excluir
    3. Yes! through google translate
      I'm from Brazil and I speak Portuguese.

      Excluir
  2. I'll be checking on that. Thanks.

    Cruisin Paul

    ResponderExcluir
  3. Seus poemas sempre me tocam,cada dia melhor. Sigo apaixonada! ❤😙

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Norma Ramos pelo carinho !
      Fico feliz por saber que gosta dos meus poemas…
      Um Abraço!!!

      Excluir

  4. Guardo no peito a desilusão de um grande amor.I hold in my heart the disappointment of a great love.I love this poem especially the first line. Robson, you have great feeling with your words. Well done. See ya.

    Cruisin Paul

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you for the compliments Paul Pietrangele!
      a hug!

      Excluir
  5. Lindo, amo de paixão seus poemas,tem veracidade e paixão...

    ResponderExcluir
  6. Ficamos desiludidos... até esquecemos que o tempo existe... mas depois temos que avançar...
    Obrigada pela visita
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada Marta!
      Obrigado! por visitar
      e comentário em meu blog.
      Um abraço !!

      Excluir
  7. Temos que nos desprender do passado e das suas respectivas mágoas e dissabores, e nem mesmo fazer planejamentos irreais acerca do futuro.

    Só assim viveremos plenamente o presente,o agora, e o único trecho do tempo que é real.

    Parabéns pelo blog Robson.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Eduardo pela visita e por essa bela mensagem!
      Um abraço!

      Excluir
  8. https://www.robsonpensador.blog.br
    Olá, boa tarde!
    Obrigada pela visitinha no meu blog e pela delicadeza do seu comentário, pois pra mim é sempre agradável receber novas pessoas.
    Quanto ao seu blog, ainda que seja desilusão de amor, até que gostei... porque em texto não deve doer... é apenas um texto poético. Volte sempre!
    Bjs e bom fim de semana
    Luisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Luisa !
      Obrigado pela visita !
      Volte sempre !
      Um abraço !

      Excluir
  9. Desilusão vem e vai, deixa um ranço no peito, depois coração se apaixona novamente para viver um novo amor!
    Adorei ler essa pérola!
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por deixar seu comentário !
      Amei a frase, muito boa !
      Um abraço !

      Excluir